Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

24/02/2015

[Resenha] - Lady Susan, Jane Austen

Saudações õ//

     Meus comentários para hoje são referente ao livro Lady Susan, um romance epistolar, da famosa Jane Austen.

Titulo: Lady Susan
Gênero: Romance epistolar/Clássico
Autor: Jane Austen
Formato: Físico 
Editora: Landmark
Páginas: 151
Ano: Minha edição é de 2014
Nota: 3.5/5
" LADY SUSAN, o romance epistolar de Jane Austen, nunca recebeu muita atenção dos leitores em comparação com os seus outros seis romances maiores, principalmente por ser uma obra curta. Os estudiosos de sua obra estimam que tenha sido escrito entre os anos de 1793 e 1794, quando a jovem escritora encontrava-se em seus últimos anos de adolescência. Representa um hiato na totalidade da obra de Jane Austen por se caracterizar como um estudo sobre uma mulher adulta, que usa sua inteligência e charme para manipular, trair e abusar de suas vítimas, sejam elas, amantes, amigos ou mesmo membros de sua família.   Escandalosamente divertido e artisticamente melodramático, LADY SUSAN é um romance quase esquecido dentro do conjunto da obra de Jane Austen, menosprezado pela comparação com os seis romances maiores publicados pela escritora. Uma vez que poucos romances podem superar ou se equivaler às obras-primas de Jane Austen, LADY SUSAN deve ser aceito pelo o que realmente é: uma peça encantadora e muito divertida, elaborada por uma jovem escritora que não apenas nos apresenta personagens interessantes e provocantes, mas que também nos revela sua compreensão inicial das maquinações sociais através de uma linguagem muito requintada.   Seu maior desafio parece residir nas limitações do formato epistolar onde a narrativa é revelada gradativamente através da perspectiva de uma pessoa e, em seguida, através da reação e resposta do outro, o que não permiti a energia do diálogo direto ou a variação de descrições de cena ou arredores. Dadas suas limitações narrativas ainda é uma joia brilhante; inteligente, engraçado e intrigantemente mal intencionado.  Um romance magnificamente trabalhado, apresentando os costumes e os modos do período da Regência inglesa que irá deliciar os entusiastas de Jane Austen com sua sagacidade e elegante expressividade."


      Todos já devem ter ouvido falar alguma coisa referente aos livros de Jane Austen  - uma escritora inglesa nascida em 16 de Dezembro de 1775 - afinal um dos seus mais famosos romances, Orgulho e Preconceito, tem sua adaptação brilhante para o cinema. Este ano para quem não sabe eu estou dando um enfoque muito maior ao meu desafio BBC Book List Challenge (#) e também para um novo "projeto" que é o RGBC (Rory Gilmore Book Clube) que consiste em ler todos os 339 livros que a personagem da série Gilmore Girls leu durante as 7 temporadas. 

      Infelismente eu ainda não assisti todos os episódios da série e ainda estou muito longe de completar este fato, mas eu fiquei tão animada quando eu vi os vídeos da Tatiana Feltrin sobre o projeto que resolvi embarcar nessa õ/

      É fato que Rory leu os quatro romances mais famosos da autora mas existem hipoteses de que ela leu a obra completa e por isso eu resolvi seguir esta hipotese pois quanto mais livros melhor ;)

      Lady Susan foi um tremenda surpresa para mim, eu estava esperando algo tão rebuscado tão "chato" que fiquei de boca aberta quando comecei a le-lô. O livro conta a estória da viúva Lady Susan Vernon e suas inumeras tentativas de se dar bem na vida, o que inclue casar-se com um homem rico e dar um "futuro" próspero para Frederica sua filha.
"(...)Estou cansada de submeter minha vontade aos caprichos de outros; de renunciar ao meu próprio julgamento em deferência ao julgamento daqueles a quem nada devo, e por quem não tenho respeito(...)"
      O que me causou maior espanto foi a forma de organização do enredo, ele é contado em forma de cartas (epistolar) pelos pontos de vista de Lady Susan Vernon, Mrs. Johnson (alice, a melhor amiga de Susan), Mrs. Vernon (Catarina, a cunhada da lady), Lady de Courcy (a mãe de Mrs.Vernon), Mr. de Courcy (Reginald irmão de Catarina, um dos grandes causadores de conflitos deste livro). Todos estes personagens são extremamente ativos e com personalidades bem definidas.

      L. Susan Vernon é uma mulher coquette (uma mulher que tem o "prazer" de usar toda a sua feminilidade e sensualidade para conquistar os homens) que sempre arruma confusão. Já no começo sabemos que ela acabou conquistando o marido e o filho de Mrs. Manwaring causando um reboliço gigantesco. Ela é uma mulher fria e parece não se importar muito com os outros, nem mesmo  parece demostrar verdadeiro afeto pela sua própria filha. Esses e seus diversos outros comportamentos renderam uma fama péssima para a Lady.

      Mrs. Vernon, a Catarina é uma mulher extremamente familiar que se preocupa tanto com o bem estar da família que é capaz de fazer de tudo para impedir a maior tragédia que poderia acontecer neste momento, Reginald seu irmão se apaixonar e futuramente casar com a Lady Susan.
"(...)Toda a tranqulidade de minha vida seria destruída se soubesse que se casou com Lady Susan Vernor; seria a morte daquele digno orgulho com que considerei meu filho até aqui; ficaria ruborizado ao vê-lo, ao ouvir falar dele, ao pensar nele. (...)"
      É um livro que foca muito nos comportamentos familiares, no dia a dia das pessoas. Para quem vê de longe pode até mesmo achar monótono ou outra coisa parecida mas não, o enredo te envolve de uma forma inesplicável e por ser contado por meios de cartas torna a curiosidade muito maior.

      O final do livro não foi bem como eu esperava, sou acostumada com finais arrebatadores mas neste livro é uma coisa tão simples que nem parece que foi a mesma autora que o fez. Apesar de tudo isso eu recomendo, se você é aquele leitor que tem um problema sério com clássicos (como eu ainda tenho), Lady Susan é uma boa sugestão para perder o "medo" deles.

      Irei ler os outros livros da autora assim que eu puder, comprei recentemente no sebo o "A Abadia de Northanger" o qual estou muito ansiosa pela leitura. 

E vocês, já leram Jane Austen? Tem problemas com clássicos?

Um comentário:

  1. Quero muito ler os livros de Jane Austen, mas ainda não tive oportunidade. Tenho muita curiosidade de saber como são as obras da autora por isso já assisti Emma, que é uma adaptação cinematográfica de um dos livros da autora, também assisti o filme O Clube da Leitura de Jane Austen, somente por ter o nome da escritora no título. E olhe que não gosto de assistir filmes baseados em livros, mesmo assim não resisti.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *