Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

18/08/2014

[Na Boca do Povo] - Capas Literárias

Olá, leitores!!!

    Segunda feira é dia de Na Boca do Povo, e desta vez quem vai fazer o post sou eu – para quem não sabe quem faz esse post normalmente é a Priscila, mas não se preocupem semana que vem que irá fazer será ela –.

    Na semana passada rolou uma discussão sobre a capa de um futuro lançamento de uma determinada editora. Diversos leitores reclamaram que a capa não era esteticamente bonita e nem um pouco atrativa. Em contrapartida a editora responsável alegou que a capa é condizente com o enredo do livro e que a capa não seria alterada.
    Mas até que ponto uma capa pode interferir na leitura?

    Esse assunto já é bem batido, porém gera e ainda irá gerar muitas discussões sobre ser algo bonito ou não. Eu sou uma pessoa que “escolhe o livro pela capa”, para mim o fato de uma capa bonita, atrativa, reflete muito se eu irei ou não ler um determinado livro.


    Já aconteceu de eu deixar de ler algo que várias pessoas indicaram por “n” motivos pelo simples fato da capa ser horrorosa. Pensando nisso separei alguns livros com capas que considero feias para comentar com vocês.


    Desde O Primeiro Instante da Mhairi MCFarlane é o primeiro exemplo que lhes apresento. Ainda não li e nem tenho interesse por dois motivos: o gênero (Chick-lit) não é nem de longe algo que eu goste, acho bobo os tipos de enredo que giram em torno de a mocinha que conhece o mocinho e ficam apaixonados e vivem felizes para sempre. Segundo é a capa dele: mesmo sendo desse gênero – e que normalmente não importa o livro todas as capas são parecidas – ela é sem graça. Não consigo me imaginar comprando esse livro na livraria. Sei tem muita gente que adorou essa capa, mas não, essa não vai.


    Outro livro com capa que não foi bem sucedida (na minha opinião) foi Amarríssimo da autora Clarice Paes. Sei que a editora tentou fazer um trabalho diferente com a coisa do chocolate, mas não rolou, ficou muito estranho.



    Aconteceu em Paris da autora Molly Hopkins foi um desastre. Ficou extremamente superficial o casal e a torre Eiffel no fundo. Parece que o trabalho gráfico da capa foi feito no PowerPoint. Não gostei.



    Anjo Amador da Karri Thompson é a pior capa desse post. Ela tem um efeito platinado em “roxo” que ficou muito estranho, dói as vistas de olhar para ela. O próprio desenho do personagem da capa é superficial. Para esse livro apenas uma advertência: Não olhe diretamente para a capa com luz solar, ela pode te cegar.

    Claro que existem muitas outras capas não atrativas, mas também existem boas atitudes como foi o caso do livro Liberta-me (2ºlivro da trilogia Estilhaça-me. Resenha), primeiramente a editora publicou uma capa horrorosa – deu um zoom no rosto da garota e depois lançaram como se fosse uma capa digna da estória – mas depois a editora reimprimiu o livro com a capa original (L-I-N-D-A-S) para a venda e para quem já tinha os livros, que é o meu caso, eles disponibilizaram jeckets para serem colocadas nos livros.



    Semana que vem será a vez da Priscila fazer um post mostrando as capas que ela considera sendo péssimas, então aguardem!

    E vocês leitores, o que acharam? Concordam com minhas escolhas ou não? Deixe seu comentário! É muito importante sabermos o que vocês acham de nossos posts :)



10 comentários:

  1. Concordo plenamente com você. A capa influencia demais o comportamento da maioria dos leitores, inclusive o meu. Já deixei de ler alguns livros pela capa péssima. Outros, eu exitei, mas acabei lendo.
    Agora o que não entendo é a editora ignorar a reação do público ANTES do lançamento do livro. Se os leitores, que para a editora são os consumidores, não gostam, então mudem logo. Depois o livro deixa de ser um sucesso por conta de uma coisa assim e o eles não sabem o motivo. rs
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Ana, normalmente a capa tem a ver com o enredo e por esse motivo estando feia ou não algumas editoras acabam optando pela permanência da capa sendo ela feia ou não... Isso me deixa triste. Até porque tem muita gente que deixa de ler pela capa como já comentei...

      Beijos!

      Excluir
  2. Gostei demais desse post, também compro livros baseada pela capa, não tem jeito, por mais que eu tente focalizar na sinopse do livro e em resenhas, geralmente não dá certo, capa feia não! rsrsrsrsrsrs E, realmente, Carolina as capas a cima são horríveis, feias de doer a vista e não despertam interesse pela história dentro do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tentei fazer uma seleção de capas não atrativas diferente do que a maioria posta por aí. Existem diversos livros com capas além de serem estranhas, não tem nada ver com o enredo. Isso sim chateia o leitor.

      Beijão Wanessa!

      Excluir
  3. Se você não falasse que era um chocolate na capa de Amarríssimo eu NUNCA ia perceber :O
    Também achei que a capa de Aconteceu em Paris foi super mal feita, parece as montagens que eu fazia no photoscape antigamente kkk
    As novas capas da série Estilhaça-me (que são as originais né?) são realmente LINDAS, que bom que eles trocaram. Eu também sou uma pessoa que super julgo o livro pela capa. Se eu estou numa livraria o que vai me chamar a atenção? A capa logicamente, que é a primeira coisa que a gente vê, a sinopse vem depois. Julgo pela capa mesmo, e não tenho vergonha de admitir, ninguém gosta de uma capa feia. beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você Nathalia, também brincava de fazer capas porém no Photoshop mesmo, e as capas ficavam muito parecidas com a de "Aconteceu em Paris". As capas da Trilogia Estilhaça-me agora são iguais as originais :) Hoje mesmo estava comentando com uma colega de colégio sobre capas e nem eu nem ela (e nem você huehue) tem vergonha de admitir que julga/escolhe os livros pelas capas.

      Beijos!

      Excluir
  4. Oieee
    Como eu sou uma pessoa simplesmente visual a capa é uma das coisas que mais influencia na minha opinião sobre o livro,não gosto daquelas que aparecem muito o rosto do personagem,por que eu gosto de criar eles de acordo com a minha imaginação,e também odeio aquelas aonde a fonte do título é horrível e quase cobre a capa toda.E essa lista sua está totalmente certa,dei até risada com seu comentário sobre Anjo Amador.Eu nunca tinha prestado atenção na imagem de Aconteceu em Paris mas parece aqueles png's que eu fazia e sempre acabava cortando um pedaço do cabelo ou da roupa da pessoa,e as Jackets de Estilhaça-me foram uma benção,ninguém merece aquela menina desfocada do segundo livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Letícia!

      Também não gosto de livros que levam personagens na capa, não deixa espaço para o leitor formular um personagem com a própria criatividade. Letras feias e gigantes também prejudicam na hora de comprar o livro.

      As Jackets de estilhaça-me são vida, fim.

      Beijos! Obrigada pela visita!

      Excluir
  5. Oi
    Sou como você, a capa influi muito na leitura, principalmente quando é o seu primeiro contato com o livro, se você vê uma capa linda, você vai ser induzido a querer ler esse livro. Concordo sobre as capas acima, ri demais com Anjo Amador! kkkkk E eu também tenho minhas jackets!!! A Novo Conceito sempre nos agradando!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O caso de "Anjo Amador" é terrível! huehuehue
      Novo Conceito nunca vai deixar de agradar seu leitores, e nós por sua vez nunca deixaremos de amar ela s2

      Beijos!

      Excluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *