Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

14/04/2013

[News BH] O Dinheiro do Diabo, o livro que desvenda parte da história secreta da Igreja Católica.

 Olá leitores,

   Resolvi postar sobre um livro que trata de um assunto bem polêmico que é a Igreja Católica e suas histórias secretas, a história é um misto de ficção e realidade na qual se foca nos interesses econômicos entre o Vaticano, Mussolini e Hitler.


RESENHA 
O assassinato do padre Jonathan Hope é o primeiro de uma série de mortes sem ligação aparente nas dependências do Vaticano. Pouco a pouco, no entanto, as pistas conduzem às profundezas misteriosas do arquivo de 1929- quando o poder da Santa Sé só cresceu à sombra de Mussolini e Hitler- e às estranhas circunstâncias do fim do papado de Pio XI e sua polêmica sucessão. 
Para elucidar esses crimes, o Santo Padre convoca o jesuíta Ignacio Gonzaga, um investigador experiente, que abandona uma missão no Oriente Médio e volta à Roma trazendo consigo a médica legista israelense Shoval, a única pessoa em quem poderá confiar. Juntos eles mergulham numa trama nebulosa que guarda segredos sombrios de um passado que a Igreja quer esquecer.
                                  
                                                                                               POR QUE LER?

 Bom, esse é um dos últimos livros que eu li, e eu simplesmente AMEI. A história toda é muito boa e desvenda uma mísera parte de uma série de documentos do ano de 1929 e das relações entre o Vaticano e a 2ª Guerra Mundial. O livro trás fatos históricos reais e a história se desenvolve num meio fictício onde o jesuíta e investigador Ignacio Gonzaga e a médica legista Shoval, procuram desvendar uma série de crimes cometidos dentro do Vaticano, os quais eles inicialmente acreditam ser praticados por uma sociedade secreta da Igreja chamada Ordem Negra. Os fatos de desenvolvem vertiginosamente, sem deixar tempo para respirar, sem contar que os capítulos terminam com aquele 'gostinho' de quero mais, o que só te deixa largar o livro quando chega no final.

ESPECIFICAÇÕES


ISBN: 8564065282
ISBN-13: 9788564065284
Idioma: português
Encadernação: Brochura
Dimensão: 21 x 14 cm
Peso: 0,345 kg
Edição: 1ª
Ano de Lançamento: 2012
Número de páginas: 304

Preço: R$ 29,90
Autor: Pedro Ángel Palou

 SOBRE O AUTOR



Pedro Ángel Palou nasceu em Puebla, no México, em 1966. Doutor em ciências sociais na Universidad de Las Américas, secretário de cultura do estado de Puebla e, nos últimos anos, dedica-se à literatura. É o autor de mais de trinta livros, muitos premiados, como "Amores enormes" (Premio Jorge Ibargüengoitia), "Con la muerte en los puños" (Premio Xavier Villaurrutia), "La casa del silencio" (Prêmio Nacional de História Francisco Xavier Clavijero) e "La ciudad crítica" (Premio René Uribe Ferrer e Las Imágenes de América Latina). "O dinheiro do diabo" foi finalista do Prêmio Planeta-Casamérica de 2009.



*Lembramos que temos total respeito à todo e qualquer tipo de religião e/ou crença, essa postagem tem efeito de  compartilhamento de informações literárias.





8 comentários:

  1. Não faz meu estilo. E também não gostei muito da sinopse. Então nem vou lê-lo

    ResponderExcluir
  2. É..realmente não me chamou muito a atenção...

    ResponderExcluir
  3. Sou fanática por história! Era minha matéria preferida na escola rs. Fiquei com muita vontade de ler o livro!

    ResponderExcluir
  4. Gosto de história, mas fica difícil (para mim) ler um livro onde o real mistura com o imaginário, digo sobre esse assunto. Acho que posso me confundir um pouco...

    ResponderExcluir
  5. Não acho que lerei, pois o gênero não me agrada, mas depois que li sua opinião fiquei um pouco confusa em relação ao livro já que parece ser bom vou procurar um pouco mais sobre o livro.

    ResponderExcluir
  6. Não gosto de livros sobre religião, então o livro não me interessou. Também não gosto de livros de época e esse fala sobre Segunda Guerra Mundial um tema q não gosto. Não leria o livro.

    ResponderExcluir
  7. Olá meninas, também achei que o livro iria ser chato ou confuso mas sinceramente me surpreendi demais com a história e com a forma com que é escrita, sem deixar nenhum "ponto sem nó". Gostei muito, recomendo.

    ResponderExcluir
  8. Bom, não gosto muito de livros que falem sobre a minha religião, tenho medo de me ofender e tudo mais, além disso o livro não chamou minha atenção.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *