Últimas Notícias:

[News BH] - Editora Alaúde (Tordsilhas) As Artimanhas do Napoleão e outras batalhas cotidianas

Boa Tarde Pessoal!


Neste conjunto de crônicas que formam uma novela se lidas em sequência, à singela vida de um porquinho-da-índia é pretexto para divagações a respeito da existência humana, da natureza e da metrópole. A obra é apresentada em uma luxuosa edição de capa dura e papel especial. 


Sobre a obra:
 
Personagem de duas crônicas de Uma porta para um quarto escuro, primeiro livro de Antonio Cestaro, Napoleão, um porquinho-da-índia traquinas e vivaz, grande apreciador da
generosidade das pessoas, despertou tanto interesse nos leitores que acabou se tornando o protagonista involuntário da segunda obra do autor. 


 Napoleão é vegetariano e está namorando. Inteligente, aprendeu a se comportar em salas de concerto e foi sondado para participar de um desenho animado com grande campanha de mídia. Vive com o dono e a família do dono numa casa frequentada todos os dias pela Vânia, que os ajuda nos serviços domésticos. Eventualmente, visita o doutor Gildo, médico
especializado em animais de grande porte que o atende em nome de uma amizade antiga. E
frequenta também a dona Yolanda, vizinha da família e proprietária do Arquibaldo, um felino
não muito confiável.
 

    Com esses personagens, situações banais do cotidiano e um olhar subjetivo, Antonio Cestaro constrói um conjunto de crônicas que discorrem sobre a condição humana e a relação das pessoas entre si, com a natureza e com a metrópole. Assim, em “Pé direito”, a compra de um tênis que servirá de cama para o Napoleão é o pretexto para uma discussão sobre ciclismo e paisagem urbana, industrialização e mão de obra infantil na China. Já a tocante “O que dizer?”fala de “literatura e das emoções humanas que as palavras não dão conta de descrever”.
 

Música, natureza, alegria, tristeza, poesia, concreto, psicanálise, fantasmas e os laços de amor e amizade são os temas com os quais o autor tece uma narrativa leve e cheia de sentimento, cujo fio condutor é um porquinho-da-índia octogenário, criação do grande poeta Manuel Bandeira, que Antonio Cestaro faz ressurgir em uma realidade ficcional que “aproveita os sonhos para anular os limites do tempo, da matéria e da lógica”.

A obra é apresentada em uma luxuosa edição de capa dura e papel especial.

Sobre o autor

   Antonio Cestaro nasceu em 1965, é músico e empresário do setor editorial. As artimanhas de Napoleão e outras batalhas cotidianas é o seu segundo livro. A obra de estreia, Uma porta para um quarto escuro, foi lançada em 2012.



 
Editora: Alaúde
Nº de páginas: 100
Preço: R$ 45,00


O que acharam? Comentem =) Até mais!

8 comentários:

  1. Pode até ser bom mas, não faz meu gênero então acredito que não vou ler :/

    ResponderExcluir
  2. Porque não da uma chance para ele? :D

    ResponderExcluir
  3. Parece ser muito bom,a capa não é aquela coisa , mas pela sua descrição , eu compraria o livro , eu gosto de mudar,ler coisas novas ,conhecer novos mundos e pontos de vista...

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Já vi que é um livro onde uma coisa leva a outra totalmente diferente né? Gosto disso! Darei uma chance (:

    ResponderExcluir
  6. A capa não é um grande atrativo não rsrsrs, mas pelo fato de ser uma estória com um porquinho da índia ai torna engraçado kkk.
    Quer ler por isso!

    ResponderExcluir
  7. Nada chamou minha atenção! Não leria esse livro. Crônicas não é meu estilo favoritos e a sinopse não me chamou a atenção.

    ResponderExcluir
  8. Preço tá bem salgado hein! kkkkk
    O livro não chamou minha atenção, mas desejo sucesso ao autor e ao livro.

    ResponderExcluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Baú de Histórias Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Layout feito pelo blog lamoonier.blogspot.com.br e ilustração porhttp://www.kaccaucarvalho.com/ . Tecnologia do Blogger.