Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

27/04/2012

|| Resenha || - Cruzando o Caminho do Sol , Corban Addison

Ola Amores! 


  Bom, hoje é dia de resenha, e particularmente tenho que confessar que não sabia o que esperar desse livro. Quando recebi da Querida Editora Novo Conceito, fiquei super curiosa para ler, mas como tinha leituras pendentes so pude pegar para ler ele na sexta passada. Posso resumir ele em uma única palavra: Maravilhoso! *-*

  Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um… Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

  Ahalya e Sita Ghai são duas jovens (irmãs) indianas de uma casta abastada: a dos comerciantes. Seu baba sempre lhes deu promessas de um bom futuro, estudos em uma faculdade em Londres (já que ambas sempre foram muito inteligentes) e posteriormente um casamento próspero com um noivo de valor. Porém, suas vidas maravilhosas ao lado da família acabam no dia em que um tsunami varre a costa de vários países, incluindo a indiana, e só sobram as irmãs como representantes da família Ghai.
Os parentes mais próximos moram muito longe e sua única esperança de encontrar abrigo ainda no dia do tsunami é chegar ao colégio interno onde estudam, que fica em uma cidade distante.
    Ir a pé seria quase impossível e conseguir um carro para levá-las, também. Neste ponto da narrativa se torna cristalino como as mulheres indianas não são preparadas para se virarem sozinhas. Sempre acostumadas com uma liderança masculina, elas logo se vêem nas mãos de gente muito perigosa, com planos nada agradáveis para suas vidas…
  Do outro lado do continente, Thomas Clarke, um advogado renomado, filho de um prestigiado juiz, se encontra em uma posição desconfortável. Galgando uma posição de sócio na firma onde trabalha, ele serviu arduamente a empresa nos últimos anos, deixando de lado sua esposa Pryia e posteriormente os problemas e dramas que surgiramem casa. Masagora, depois de um erro cometido, querem usá-lo como bode expiatório e lhe dão um ano de licença sabática.
  Ele tem em mãos uma difícil decisão e encorajado pela mãe, decidi voltar a Índia e correr atrás de sua esposa, que o abandonou.
Para isso, ele vai estagiar na Aces, uma ONG que combate o tráfico de seres humanos e que tem realmente bastante trabalho a fazerem Mumbai. Coincidentemente, é para lá que Ahalya e Sita forma levadas.
  Em determinado momento seus caminhos se cruzam e é aí que começa a história de verdade. A história de duas jovens sonhadoras, guerreiras, que tem medo, sofrem, lutam, se desesperam e choram, mas se reerguem e busca na esperança uma forma de seguir vivendo. 
  A história de um homem atormentado que já cometeu muitos erros, mas está disposto a redimi-los por amor.

  Bom, o que achei que deixou a desejar, foi que em certos trechos Corban mostra-se um amador na escrita, ele descreve a "coisa" crua : Ahalya fez isso. Sita fez aquilo. Em seguida ela pensou tal coisa e ambas ficaram de tal jeito. Achei que pela trama o autor devia ter sido mais poético, sentimental em sua narrativa. 

Enfim, com certeza é uma história para ser degustada pelo leitor e super recomendo. 


Espero que tenham Gostado! =)
Beijos ;"
Carol,
@Blog_CdeLivro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *