Últimas Notícias:

[Resenha] - Eve & Adam, Michael Grant; Katherine Applegate

Saudações õ//

Ok. Tudo está muito estranho por aqui. É o terceiro livro que leio e apenas uma semana (apesar desta resenha ser da semana seguinte à leitura. Coisa de agenda), é muito estranho isso. Enfim, leituras nunca são demais correto? Ainda mais se você consegue por em dia leituras que você está devendo há algum tempo.

Trago resenha de Eve & Adam, um livro curtinho mas repleto de informações.

Titulo: Eve & Adam
Série: Eve & Adam #1
Autor: Michael Grant e Katherine Applegate
Formato: Físico
Editora: Novo Conceito
Páginas: 272
Ano: 2014
Nota: 3/5 

"Filha única da poderosa e fria geneticista Terra Spiker, Eve fica entre a vida e a morte depois de sofrer um acidente de carro. O processo de cura no misterioso laboratório Spiker transcorre com uma rapidez impressionante, o que desperta a curiosidade da menina.
Antes que Eve estreite os laços com Solo, um rapaz que compartilha segredos com a corporação, a Dra. Spiker lhe propõe um desafio: Eve terá a chance de testar, em primeira mão, um software desenvolvido para manipular gens humanos. Ela poderá criar um namorado sob medida!
Mas brincar de Deus tem consequências, e agora Eve vai descobrir até que ponto existe perfeição." - Skoob


      Quando você aprende no colégio sobre genética (pelo menos aprendi ano passado) assuntos como clonagem e até mesmo perfeição são corriqueiros. Neste livro é exatamente isso o que é abordado porém de uma maneira alucinante.

      Eve é a filha de uma das mais poderosas geneticistas - Terra Spiker - dona da clínica/mansão Spiker. Sua mãe é famosa por desenvolver, junto com sua equipe de bioquímicos, vacinas para diversas doneças genéticas. Ela é quase um martír. Já era de se esperar que em uma empresa tão grande e famosa realize apenas estudos com vacinas, ela realiza estudos que muitos diriam mágicos que envolvem curas milagrosas.

      Quando a garota (Eve) é atropelada perde sua perna e parte do braço porém sua mãe recusa qualquer atendimento em hospital comuns e a leva direto para a Spiker a fim de oferecer um tratamento mais atencioso. Em menos de dois dias a pena de Eve está intacta e sem cicatrizes está novinha em folha, é claro que a garota fica intrigada para entender porque uma recuperação de meses durou dois dias.

"(...) Um trabalho sobre a Primeira Lei de Mendel. Quando dois organismos se reproduzem sexualmente, o filho deles herda, aleatoriamente, um dos dois alelos de cada pai."

      Solo, uma garoto que meio que trabalha na Spiker aproxima-se quase que involuntariamente de Eve, a ajuda a entender o que está acontecendo revelando descobertas assustadoras. Em contra tempo, Terra designa um projeto especial para sua filha, ela deve criar um ser humano perfeito mas apenas para fundos acadêmicos.

      Eu gostei da relação entre Solo e Eve, não é nada explicíto e muito menos forçado, as coisas simplesmente acontecem em seu devido tempo sem que nós leitores percebemos que existem algo ali. Claro que por alguns diálogos e outras coisas mais, sabemos que terá um romance e logo pensamos que será enfatizado durante todo o livro. Fico imensamente grata aos autores por não terem feito isso.

      O tema, genética, é muito para mim já que gosto muito. Tudo o leva este nome eu sou "obrigada" a dar uma atenção especial. Mas acredito que de acordo com o que foi exposto aqui não vai de acordo com meus preceitos uma vez que no livro existam pessoas digamos contra a ciência. Mas o que eu acredito e deixo de acreditar não é o caso.

      O livro é curto e tem começo, meio e fim. Entrei em pânico pois o livro estava no fim e muitas perguntas precisavam de respostas, não que no fim elas tenham sido todas respondidas afinal precisa-se de um gancho para o próximo livro porém a trama principal foi resolvida quase que 100%. 

      Se está procurando um livro curto e uma narrativa que flui rapidamente, Eve & Adam é uma boa indicação apesar da sinopse não ser lá grandes coisas. Eu não estou morrendo para ler a continuação (quando lançar por aqui. Se é que ela já exista na gringa) mas futuramente eu leia só pelo fato de ser algo tão rápido e gostoso de ser lido. 

      Ele pode muito bem entrar para uma Tag de livros para serem lidos em um dia. O que acham? Se quiserem posso fazer um post sobre isso ;)

Abraços,
Carolina Piovesan

4 comentários:

  1. Thayna Farabello13 janeiro, 2015 12:23

    Acho uma ótima ideia 😉!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eeee! Que bom que gostou da ideia Thayna ;)

      Irei acrescenta-las as suas outras dicas também!
      Beijos

      Excluir
  2. Já li e tenho esse livro, não resisti a essa capa, é claro que também me agradei da sinopse, mas não imaginava que teria continuação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é muito atraente, foi ela o motivo de minha escolha para leitura ;)

      Excluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Baú de Histórias Designed by Templateism.com Copyright © 2014

Layout feito pelo blog lamoonier.blogspot.com.br e ilustração porhttp://www.kaccaucarvalho.com/ . Tecnologia do Blogger.