Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

10/01/2015

[Resenha] - Angellfall, Susan EE

Saudações õ/ 

Sábado é dia de resenha. Li em ebook "Angelfall" da autora Susan EE. Confira minhas impressões dessa leitura apocalíptica.

Titulo: Angellfall
Série: Penryn & the End of Days #1
Autor: Susan EE
Formato: Ebook em português
Editora: Feral Dream
Páginas: 256
Ano: 2012
Nota: 3.5/5 
" O apocalipse chegou em Angelfall. Faz seis semanas desde que os anjos do apocalipse desceram para acabar com o mundo moderno. Gangues de rua agora governam o dia, enquanto o medo permeia a noite. E quando uma garotinha é raptada pelos anjos, sua irmã Penryn não está disposta a se esconder e esquecer. Ela fará qualquer coisa para encontrar sua irmã, até mesmo um pacto com o inimigo." - Skoob


Fazia muito tempo que eu tinha este e-book e sempre dava um jeito de deixa-lo de lado sem nenhum motivo específico. Dai eu finalmente tenho minha conta no Goodreads (me add lá) e pretendo mante-la atualizada assim como minha conta do Skoob (add lá também), eis que eu estava no goodreads e uma das vlogueiras que eu sigo marcou este livro como favorito e tudo mais. Como meus gostos são parecidos com os dela finalmente desennterrei-o dos confins do meu HD.

Em um mundo pós apocalíptico angelical, pessoas vivas são quase raridade e as poucas que ainda sobrevivem estão confinadas em locais longe das grandes metropoles ou escondidas nas montanhas. O mundo foi destruído por algum evento (que não é explicado no livro) e no meio de tudo isso existem aquelas pessoas que ainda acreditam que se tomarem muito cuidado podem viver as cidades "abandonadas".

Nestas cidades existem dois perigos principais: anjos que fazem uma espécie de "patrulha" pelas regiões e as gangues que nada mais são do que marginais violentos que saem por aí aterrorizando e coletando objetos que mais tardar poderam ser trocados por alimento ou vestimenta. Um dos objetos de maior valor neste mercado negro são assas dos causadores de tanto sofrimento da raça humana, assas de anjos.

Dentro deste cenário temos nossos persongens importante: Penryn com 16 anos que lidera a família (muito parecida com a situação de Katniss em Jogos Vorazes, ela que é responsavel pelo abrigo e alimentação da família), a irmã Paige com aproximadamente 9 anos - que sofreu um acidente quando era mais nova o que lhe resultou viver/sobreviver o resto dos tempos em uma cadeira de rodas - e a Mãe, uma mulher com problemas mentais que só serve para atrapalhar. 

Numa das buscas por comida e abrigo, as três saem na calada da noite rezando para que não sejam vistas e nem atacadas mas como sempre, as coisas nunca saem como o planejado. Na metade do percurso elas testemunham um objeto anjo caindo do céus seguido de mais cinco outros anjos em posição de ataque. Desesperada em ver que o anjo (mais fraco) está numa luta 5 contra 1 ela resolve de alguma forma ajudá-lo afinal como um anjo pode defender-se sangrando e com as asam cortadas? 

Tudo na vida tem uma consequência e a da Penryn é ver sua irmãzinha ser levada para longe por um dos anjos e sua saindo correndo em direção oposta sem nenhuma explicação. Sobrou apenas ela é o anjo caído (Raffe). Penryn, Reffe e a busca pela irmã.

"Mas não importa o quão duro eu corro, eu não posso ficar mais perto dela enquanto os monstros transportam a minha pequena irmã para a escuridão que se aproxima"

Durante está viajem para o covil (onde supostamente Paige está presa) acontecem vários problemas e também coisas inuteís. É normal que no início da leitura a coisa toda seja lenta até por estar introduzindo o contexto e tudo mais porém o problema deste livro é que estes momentos tediosos acontecem o tempo todo principalmente nos pontos mais altos da leitura. Foi o que mais me decepcionou.

Existem uma continuação porém em inglês. Ainda não decide se irei encarar o primeiro inglês ou deixar passar. Mas mesmo assim eu recomendo até por ser uma leitura leve. 



Abraços,
Carolina Piovesan

2 comentários:

  1. Mesmo você comentando que tem partes tediosas, me interessei pelo livro, o problema é não gostar de ler e-book e a continuação ser em inglês.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A questão da continuação é complicada mesmo..

      Excluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *