Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

20/12/2014

[Resenha] - Cidade dos Ossos, Cassandra Clare - Os Instrumentos Mortais #1

Saudações õ//

     Depois dois meses eu trago a resenha, pois é. Me desculpem. Então eu li o – tão famoso – Cidade dos Ossos da autora Cassandra Clare:

Gênero: Ficção 

Editora: Rocco 
Autora: Cassandra Clare
Páginas: 464
Classificação: 4.5/5 

Um mundo oculto está prestes a ser revelado... Quando Clary decide ir a Nova York se divertir numa discoteca, nunca poderia imaginar que testemunharia um assassinato - muito menos um assassinato cometido por três adolescentes cobertos por tatuagens enigmáticas e brandindo armas bizarras. Clary sabe que deve chamar a polícia, mas é difícil explicar um assassinato quando o corpo desaparece e os assassinos são invisíveis para todos, menos para ela. Tão surpresa quanto assustada, Clary aceita ouvir o que os jovens têm a dizer... Uma tribo de guerreiros secreta dedicada a libertar a terra de demônios, os Caçadores das Sombras têm uma missão em nosso mundo, e Clary pode já estar mais envolvida na história do que gostaria. - Skoob.

     Clary é uma garota aparentemente normal que vive um vida normal com sua mãe Jocelyn e seu melhor amigo Sam. Seu pai morreu durante uma guerra e deste então tudo o que sobrou dele foi um retrato que sua mãe – a artista – pintou.

     Quando a garota completa dezesseis anos ela e seu amigo vão a balada Pandemônio comemorar, Sam não é muito festeiro ele é mais caseiro que gosta de um bom livro (coisa que me conquistou bastante), já Clary é uma garota agitada que gosta de aventuras e curtir a vida.

     Durante a noite ela avista um episódio que mudara sua vida: Um assassinato incomum cometido por pessoas incomuns. Por que? Simples, somente Clary conseguia ver o que estava acontecendo.

     Assustada e confundida com uma louca ela vai embora para casa sem saber direito o que aconteceu. Quanto mais você pensa que as coisas não podem piorar mais eles pioram. Quando ela acorda na manhã seguinte ela se depara com seu quarto repleto de um símbolo estranho que a persegue em todo o lugar, até mesmo na Pandemônio esse símbolo estava – detalhe só ela viu esse símbolo –.

     Clary encontra-se com o seu amigo para tentar desvendar o que está acontecendo com ela, e como as coisas só podem piorar, ela avista um dos homens assassinos da boate que somente ela pode ver. Esse homem é o loiro, bad boy, sarcástico e até estupido Jace.

     Confrontando-o sobre o símbolo e o motivo de somente ela conseguir enxerga-lo eles embarcam numa aventura pra lá de bacana para tentar combater o vilão da estória.

     Gostei da forma com que a autora nos apresentas os fatos de forma rápida fazendo com que o leitor não tenha tempo para respirar em algumas partes! Muito bom. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *