Olá! Meu nome é Carolina Piovesan mas podem me chamar de Carol. Sou estudante de Biomedicina, amante de literatura e dona de uma loja online no Twitter (@ineedushop) de produtos fanmade kpop.

15/11/2014

[Resenha] - Dr. House - Um guia para a vida


Saudações!

Mais uma resenha aqui para o blog! Desta vez é de um livro de autoajuda (não gritem) e psicologia. Mas não é um livro desconhecido por muitos não, estou falando de Dr. House: Um Guia Para a Vida, como triunfar com humor e ironia do autor Toni de la Torre



Gênero: Autoajuda; Psicologia Aplicada
Editora: Lua de Papel      

Autora: Toni de La Torre
Páginas: 150
Classificação: 2.5/5
“House M.D. É uma das séries que mais faz sucesso na televisão atualmente e isso se deve ao seu protagonista, o Dr. House (interpretado por Hugh Laurie), um médico politicamente incorreto e bonitão que resolve casos que ninguém mais consegue enquanto detona seus pacientes, destila comentários sarcásticos a todos que estão à sua volta (especialmente seus subordinados) e se acha o dono da verdade. Este livro faz um raio X da vida do Dr. House e dá lições práticas de como ser mais parecido com ele e utilizar suas filosofias no seu dia a dia. Você se surpreenderá em como muitas das coisas ditas aqui se encaixam em sua vida e verá que o médico rabugento pode ter razão. O autor não tem a pretensão de ser o dono da verdade (afinal, ele sabe bem que esse é o papel de House), por isso, logo nas primeiras páginas, ele explica: "Este é um livro de autoajuda, mas será que vai mesmo ser útil? Quantos livros que prometiam a felicidade você comprou anteriormente e acabaram no lixo? Antes de perder tempo e dinheiro na aquisição e leitura deste guia que tem em mãos, responda algumas questões propostas aqui e verifique se precisa mesmo comprá-lo". Skoob.
  
     Não sei se já havia comentado com vocês mas uma das muitas paixões que tenho são as séries de tv. Uma das que mais gosto sem dúvida alguma é HOUSE. Me julguem mais ainda não consegui assistir todos os episódios que existem da última temporada mas creio que um dia – este muito breve – colocarei esta e as demais séries que acompanho em dia.

     O livro escrito por Toni de la Torre é um tanto diferente dos livros de autoajuda, ele meio que explica como Dr.House lida com os fatos cotidianos do hospital. Quanto penso em Gregory House logo penso em algo estúpido. O personagem da série é um homem frio, irônico e totalmente imbecil – porém que conquista fãs do mundo todo –.

     O livro é dividido em quatro partes que englobam assuntos como personalidade, vida amorosa, “Deus” e curiosidades.

     Quando iniciei a leitura confesso que me assustei pois 98% dos conselhos que House nos dá são praticamente “maus”, atitudes que se seguirmos corroboraram para que sejamos mal vistos pela sociedade num todo.

     Claro que existem coisas positivas em seus conselhos, caso ao contrário não sei se continuaria admirando a pessoa/personagem que ele é.

“Aprecie que o despreza e despreze quem o aprecia”

     Umas das frases que me fizeram parar para refletir (juntamente com a Priscila). Segundo nossas conclusões essa atitude gera um ciclo de vida em que vivemos e que pode muito bem continuar dando certo. Se existe alguém que gosta de você e você o desprezar ele continuará a gostar de você – o que pode levar ele entender os motivos dos teus atos e tentar melhorar em algum aspecto buscando aceitação novamente – e se houver o caso de alguém não gostar de você e você o apreciar, automaticamente isso abre uma porta para que a pessoa conheça-o melhor e vejas suas qualidades podendo até mudar de ideia a seu respeito. No final todos ganham.

 “A sabedoria não consiste em aprender com os erros, mas em se lamentar por eles”.

     Neste capitulo House nos conta que o melhor da vida não é superar o erro e seguir em frente, o bom mesmo é ficar remoendo aquele assunto na cabeça e maltratando-se eternamente. Obviamente isso não leva a lugar nenhum.

     Conclusões meio obvias como não acreditar em tudo o que as pessoas lhe falam – coisas que para a minha pessoa é o mais correto a seguir –, auto estima, sinceridade e outros são abordados na obra.

     Mas a coisa que mais achei bacana foram as últimas páginas as quais contam sobre a inspiração do personagem de Greg (só posso dar uma dica: SH), também faz uma estudo muito básico (mais útil) de linguagem corporal e ainda por cima nos deixa a par das músicas que sempre estão presentes em seu IPod.


Conclusão
     O livro é bacana, mas para que gosta de uma “zoeira básica”. Existem coisas que podemos levar como ensinamentos para a vida já outras nem pensar – pelo menos para mim –.

     Quem é fã da série, Dr.HOUSE: Um Guia para a Vida é indispensável!

-- Post futuramente no Portal dos Culturosos--

2 comentários:

  1. Não sou fã da série Dr. House, mas já assisti alguns episódios e gostei, achei o protagonista uma pessoa difícil de lidar, que muitas vezes chega a ser irritante e estúpido, mesmo assim sempre faz algo que me faz gostar um pouco dele. Apesar disso, eu não compraria o guia, pois não gosto de livros de autoajuda, mesmo ele sendo diferente dos outros do mesmo gênero, fora que tenho uma lista de livros que estou com muita vontade de ler.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não curto livros de autoajuda, mas esse é realmente diferente dos outros. Livros na fila de leitura é o que não falta! O que é bom não é mesmo?

      Beijos <3

      Excluir

Dê sua opinião e ajude o Baú!

Total de visualizações de página

Leitores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *